A odisséia de Maicon em busca do gato Esquilo

Just another WordPress site

Archive for the ‘cerrado do aeroporto’ tag

AOS 70 DIAS DA FUGA DO GATO ESQUILO, A GRANDE VIRADA: INFRAERO LIBERA O PLANO DE MAICON!

with 156 comments

Donauwörth, 7 de Julho de 2011 (73 dias do desaparecimento de Esquilo)

Procura-se gato Esquilo - recompensa 1.000,00 Reais

APESAR DE NÃO CONTAR MAIS COM O SUPORTE DA GOL, O FÍSICO DA UNICAMP SEGUE COM AS BUSCAS

 

Maicon Saul Faria, foto por Elcio Alves/AAN.

Apesar de todas as adversidades colocadas pela CIA AÉREA GOL, que no final acabou por admitir que „lavava as mãos“ no caso, Maicon em nenhum momento deixou de procurar o seu amado filhotinho, o gato Esquilo. No início, quando a imprensa estava publicando o caso, inclusive a gigante GLOBO havia dado as caras, a empresa aérea empenhou-se em „mostrar serviço“: nos primeiros 11 dias de sua busca, Maicon contou com certo apoio da companhia, que então estava financiando sua hospedagem e alimentação, assim como ajudando, de uma forma um tanto precária, na procura do gato Esquilo.

Na realidade, como o próprio Maicon chegou a dizer na sua entrevista para Sheila Moura (da OGN „Fala Bicho), a cia aérea GOL não tem preparo para lidar com este tipo de situação. Ou seja: a empresa disponibiliza um serviço, que rotula como transporte de „carga viva“, sem que contrate um pessoal especializado para lidar com situações emergenciais. Talvez porque a perda de um „animal“ não pareça lá assunto de grande importância para as „linhas aéreas Inteligentes“.

Poderiam ter contratado um especialista, ou uma equipe multidisciplinar, para que pudessem procurar o gato perdido de forma mais efetiva. Não fizeram isto. Talvez não fosse „economicamente compensador“ para esta companhia que é conhecida por sua estratégia de vôos  „low cost, low fare“ (baixo custo, baixa tarifa). O que muitos não sabem é que provavelmente esta política da GOL implique também em baixa qualidade de serviços – o que têm sido demonstrado pela série de eventos envolvendo descaso para com o cliente, sumiço de malas, cancelamentos aleatórios de vôos, e, isto sim, bem mais grave: a perda de animais.

MAICON  INVESTE EM TÉCNICAS DE BUSCA INÉDITAS NO BRASIL – APROVADO E IMPLANTADO O PLANO „GATOEIRA VIRTUAL“

 

Após uma longa espera, no último domingo finalmente Maicon pôde colocar em ação seu plano de monitoramento com a utilização de câmaras especiais, alimentadores automáticos e bebedouros. Ao contrário do esperado, a INFRAERO mostrou-se bastante colaborativa na implantação dos equipamentos. Segundo Maicon, o pessoal da empresa ajudou-o de forma efetiva, o que sem sombra de dúvida faz com que a instituição ganhe muitos pontos no conceito dos amantes de „animais“ e do consumidor, em geral.

No último domingo, dia 4 de Julho, Maicon pôde finalmente dar início ao seu plano de captura do gato Esquilo, que ele acredita estar numa imensa área verde ao redor do aeroporto – um tipo de cerrado. Por motivos de segurança, o acesso ao pátio (entenda-se toda a área cercada do aeroporto) não é  é permitido a qualquer pessoa. Existe a necessidade de cumprir às exigências para que se possa obter a permissão de acesso ao local, o que até podemos entender, numa época em que o terrorismo internacional impera.

A propósito, procurando fotos para ilustrar o artigo, encontrei um site interessante (blog de Alberto Nasiasene) sobre a área  de cerrado ao redor do aeroporto. Imagino que as fotos tenham sido tiradas de avião, uma vez que o acesso à área é restrito. Pode-se notar a extensa vegetação, além da abundância de água – o que faz com que Maicon afirme, animado „Se o Esquilo estiver aqui, ele está vivo!“.

Área de cerrado próxima ao aeroporto de Brasília (Alberto Nasiasene)

Área de cerrado próxima ao aeroporto de Brasília
(Alberto Nasiasene)


MAICON É O PIONEIRO NUMA TÉCNICA DE BUSCA ATÉ ENTÃO DESCONHECIDA NO BRASIL

 

NÃO DEIXEM DE ASSISTIR AO VÍDEO ABAIXO!

 

 

Neste vídeo, que aconselho a assistirem em tela cheia e resolução HD (720 p),
eu mostro os locais onde foram instaladas as câmaras,
assim como os comedouros e bebedouros. Elaborei com base em arquivo do Google Earth 
que Maicon enviou-me por e-mail.

 

 IMAGEM DO MAPA DA LOCALIZAÇÃO DAS CÂMARAS, ALIMENTADORES E BEBEDOUROS (EM 04.07.2011)

 

Localização dos pontos onde foram colocados as câmaras, comedouros e bebedouros (04.07.2011)Clique na imagem para vê-la ampliada

Nós, que estamos acompanhando todas as fases desta busca incansável de Maicon pelo gato Esquilo, sem sombra de dúvida podemos dizer que o Físico da UNICAMP é um exemplo do que normalmente se denomina como „posse responsável“, e que eu prefiro chamar de „guarda consciente“. Mas ele foi muito além disto – elaborou um plano, baseado nas pesquisas que fez, e que somente é praticado nos chamados países de „primeiro mundo“, sendo que  no Brasil são técnicas completamente desconhecidas pela grande maioria.

Sem saber como fazer para procurar o seu gato perdido, Maicon dedicou-se a intensas pesquisas, normalmente na língua inglesa, e que o levou a descobrir a técnica de monitoramento de animais atráves de câmaras especiais – que pode ser utilizada por ambientalistas, caçadores mas também na busca de animais domésticos perdidos.

Estas câmaras, que poderiam ser chamadas como „armadilhas fotográficas digitais„, e que em inglês se chamam „trail cameras“, „moultrie cams“, ou ainda Wildlife Cameras são utilizadas para captar imagens diurnas e noturnas de animais sem que o observador esteja presente. Ou seja, a pessoa fixa esta câmara num determinado local (pode ser uma árvore, por exemplo), a fim de que a mesma registre a presença de animais – elas normalmente são acionadas pelo movimento dos mesmos. Existem vários tipos delas, e Maicon adquiriu até agora 2 do tipo infravermelho e 2 do tipo flash. Os equipamentos lhe custaram entre 3.000,00 e 4.000,00 Reais, mas ele está disposto a investir mais – tudo vale para ir em busca de seu amado filhotinho felino!

Para informações detalhadas do plano, revejam meu artigo anterior, onde publiquei o plano entregue à INFRAERO.

 

ENTRE O PRIMEIRO E SEGUNDO DIA DE MONITORAMENTO, MAICON FOTOGRAFOU TRÊS GATOS E UMA RAPOSA: „SE ESQUILO ESTIVER AQUI, ELE ESTÁ VIVO!“

 

 

Exemplo de uma destas câmaras, fixada a uma árvore
(foto meramente ilustrativa)

É contagiante o entusiasmo de Maicon, que finalmente encontrou um meio de monitorar continuamente uma possível aparição de Esquilinho no cerrado do pátio. É como se ele estivesse de alguma forma sempre presente, e o gatinho nunca deixasse de ser procurado. O pesquisador da UNICAMP está apostando na possibilidade de seu estimado felino encontrar-se na rica mata que cerca o aeroporto. O fato de vários gatos habitarem a área é um indício favorável, além do que o fato de Esquilo ser um gato „arisco“, afastaria em parte a possibilidade dele encontrar-se em território „humano“. Pelo menos é assim que pensa Maicon.

Como eu pude acompanhar todo o desenrolar dos procedimentos pelo Twitter, não posso negar que fui contagiada pelo entusiasmo de Maicon: „O pessoal da infraero esta colaborando muito. Acabou dando tudo certo, os comedouros e bebedouros funcionaram e ainda tivemos água como bônus! Agora só falta o Esquilo posar para as cameras!“

Exemplo de gato doméstico fotografado com as „moultrie“ cams
(foto meramente ilustrativa)

 

Algo que o deixou bastante animado foi a abundante presença de água na região. Em suas frases emocionadas, eu pude perceber o quão fascinante deve ser esta região, que a presença humana ainda não pôde destruir. Algumas frases ou trechos de Maicon no Twitter:

“Povo, boas notícias, coloquei as 4 cameras e o melhor achei horrores de água. Se ele está na mata ele está vivo… preciso de sorte!”

“Pena que eu não pude bater fotos, achamos uma galeria de onde brotava água” (…)  “uma galeria gigante com água brotando das paredes, o lugar era cheio de borboletas!”

Ainda mais um exemplo da aplicação das  „Wildlife Cameras“
(novamente foto ilustrativa)

 

Enfim, após 73 dias da fuga de Esquilo sob responsabilidade da cia aérea GOL, as esperanças se renovam – não posso negar que Maicon é um dos mais expressivos modelos de amor  e também de persistência que já pude testemunhar em minha vida. Sem falarmos de sua genialidade, levando-se em consideração que não é „qualquer um“ que consegue elaborar sozinho um plano de ação com tais requintes técnicos. OK, podem dizer que é „rasgação de seda“ de minha parte – que seja – mas é o que eu penso e sinto!

LINKS DE SITES ESPECIALIZADOS EM CAPTURAS DE ANIMAIS DOMÉSTICOS, E QUE UTILIZAM AS „TRAIL CAMERAS“

 

Outro exemplo de imagem de gato capturada com trail câmaras
Até parece um pouco o Esquilinho (na pelagem)!

 

 Online Resources for Selecting and Using a Trail Camera (in English)

Missing Pet Partnership – Recovery Tips – Lost Cat Behavior

 

Artigo publicado por Vera Rodrigues-Rath, jornalista, registro no Mtb. n. 13.912/SP. Reprodução somente com citação explícita da fonte, sem que o meu texto seja alterado.

 

Matéria atualizada às 17:02, do dia 07.07.2011 (fuso horário alemão).